Cá em casa

A origem…

Parece que detetaram a (mãe) pessoa que abandonou o bebé no lixo.

É crime?
Não percebo porquê!!?!



E a pressão social e familiar para sermos mães. Não é crime?

Não é crime dizerem-nos que não somos mulheres e/ou companheiras porque não queremos ter pessoinhas? Porque temos a consciência que não temos condições.

Não é crime falar e pressionar sem saber se a mulher pode engravidar? Ou se o homem pode?

Não é crime ver a mulher como uma fábrica?


Pior…

Quando eu digo que quero adoptar… Quando pesquiso sobre famílias de acolhimento…


“És mesmo doida.” “Não tiveste educação…”

Eu????????


Não consigo perceber este modo de andar, este andar para trás. A regredir! A sermos uns incultos.

Aaaaaa não.. Nós até fomos para a Universidade.
Sim. Porque é obrigatório, não é verdade? E ainda temos que ser doutores e engenheiros e o caraças.

Aiaiaiaiaiai

Então tu achas bem terem colocado o bebé no lixo? Não, nunca!
Exijo é saber o porquê. A origem! Os motivos! O estado psicológico, emocional, físico.. De quem o fez.
Aaaaaaaaaa mas isso dá muito trabalho…. pois



Então condições…
“Tas cheia da dinheiro.”  “Vocês estão sempre a trabalhar!”
Sim. Temos o mealheiro a explodir, já nem lá deve caber um cêntimo. E então????

É o nosso trabalho. É o nosso dinheiro. Eeeeee surpresa… Com dinheiro não se compra amor, afeto, tempo, paciência… Mas dá para tirar umas formações.

Então isso é o que tu fazes… Então estás sempre a tirar cursos. Então mas tu até trabalhas com crianças… Então… Então…

Então a vida é minha! É nossa!

Por falar nisso,
Amanhã vou passar o dia num congresso sobre Parentalidade. E tu, vais fazer o quê?

Dar o tablet à criança? Fazer uma megafesta como a da vizinha.
Vais à promoção dos 50% em brinquedos? Passear na praia?

Malta,

Cada um que faça as suas escolhas. Que encare as suas consequências. Façam o que o vosso coração diz!


Segue-nos no Facebook e Instagram

Adere ao grupo Quotidianices – Blog e Loja e Algarve para Crianças

PS: Salvo que ninguém é perfeito. Há sempre erros e há sempre soluções.

Daniela

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *