Cá em casa

Oficialmente filha única

Há uma semana que o cansaço invadiu-me. 

A minha mãe e o R “decidiram” ir para o hospital no mesmo dia. É verdade.

Passei o dia entre hospitais, aquele sitio que rezo para não ir para lá.

Sabendo disto, a minha mãe disse para eu me ir embora. Vontade não me faltava, mas foi o meu pai que me ligou cedo a pedir auxilio. Para além disso a situação não me estava a “cheirar” bem e fiquei. 

O R veio a casa cuidar das crianças, o que é logo um tranquilizador. 

O meu pai foi ter connosco na sua pausa. Aproveitei e sai um pouco, com a ideia de ir a casa. Liguei ao R a contar esta minha intenção. No final diz-me que está no hospital, acidente de trabalho. Lá fui eu… 

Uns pontos no corte, e estava pronto.

A diferença entre um hospital publico e um privado são muitas. Começando pela própria energia do ar… No entanto, daquilo que acompanhei no publico, a minha mãe teve um bom atendimento. Apesar de termos passado algumas horas nas urgências as coisas estavam a acontecer. Não detectaram logo a situação, pelas minhas pesquisas é “normal”. 

Ficam-me poucas coisas gravadas na memória. Uma das que ficou, foi ver a minha mãe numa cama de hospital é a pior imagem da minha vida. Repeti-la foi deveras complicado. Já está em casa e bem 😉 

A minha mãe teve um problema de ginecologia. O que me deixou emocionalmente em baixo. 

Há muitos anos que mudei de sonho, mas saber que é impossível…. 

 

💖Daniela

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *