Cá em casa

A Tua Casa

 

 

À semelhança das entrevistas da Cristina… Só falo disto uma vez!

 

Um dos momentos mais difíceis da minha/ nossa vida foi a partida física da minha/ nossa filha. A primeira.

 

Não me esqueço daquela madrugada em que acordei com o telemóvel a tocar. Atendi mas não era preciso, já sabia a razão. Assim como sabia perfeitamente o momento da sua partida.

Eu estava em Faro. Em 30 minutos o Ricardo estava lá para me trazer para Portimão. Não digo para casa, porque foi muito difícil voltar. O dia foi demasiado complexo. Tivemos de voltar a casa. Com aquele vazio gigante.

 

Claro que a ideia de não voltar a ter pássaros (meus) ficou marcada. Hoje tenho muitas saudades. Lembro, ao deitar e a adaptar-me com a situação ter proferido “Um dia terei todos os pássaros do mundo”.

 

O dia chegou! Apesar de algumas dúvidas. Queria que fosse num local especial, que não é este. MAS é aqui que estamos. É aqui que vamos ficar até ao lar perfeito. É aqui que estamos a construir novos sonhos. Foi aqui que decidi e decidimos que iria começar a tua casa: Diddlina Home.

 

 Em crescimento…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *